Nigéria: Ataque igreja católica deixa mortos

Nigéria: Ataque igreja católica deixa mortos

Um ataque de homens armados à igreja católica St. Philips, em Ozubulu, cidade no estado de Anambra, no sul da Nigéria, deixou dezenas de mortos neste domingo (6), informam os jornais locais.

Nigéria: Ataque igreja católica deixa mortos

Nigéria: Ataque igreja católica deixa mortos

A ação teria acontecido pouco antes das 6h (horário local) enquanto estava sendo celebrada uma missa. De acordo com o jornal “Nigeria Newspaper”, o grupo primeiro assassinou um “homem rico e conhecido entre a população” e depois abriu fogo contra os fiéis que estavam na celebração.

A emissora “Channels TV” informa que há ao menos 20 mortos enquanto o “Daily Post” diz que ao menos 50 pessoas faleceram.

Ninguém reivindicou a ação.

O chefe da polícia do estado de Anambroa, Garba Baba Umar, confirmou o atentado, mas informou que não se sabe ainda quem cometeu o crime. Já o governador Willie Obiano está indo ao lugar do ataque para prestar apoio aos sobreviventes.

Papa Francisco

O Papa Francisco condenou hoje o ataque contra uma igreja na Nigéria que provocou dezena de mortes durante celebração da Missa dominical em Ozubulu.

Na mensagem divulgada pela sala de imprensa da Santa Sé, o pontífice mostra-se “profundamente entristecido” pelos mortos e feridos deste “violento ataque” na igreja de São Filipe.

O texto de condolências foi enviado através do secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, ao bispo de Nnewi, D. Hilary Paul Odili Okeke.

O Papa Francisco deixa uma mensagem de solidariedade às famílias das vítimas e aos que foram afetados pela tragédia.