Pastor Darrell Evans fala sobre Jesus e o dom da vida

Pastor Darrell Evans fala sobre Jesus e o dom da vida

Em passagem pelo Brasil, o pastor americano Darrell Evans alertou os cristãos a terem cuidado com pessoas que amam seus títulos, em pregação realizada nesta terça-feira (1) na Igreja Verbo da Vida no Morumbi, em São Paulo.

Pastor Darrell Evans fala sobre Jesus e o dom da vida

Pastor Darrell Evans fala sobre Jesus e o dom da vida

“Você não precisa de um título, o Seu Pai conhece seu nome e aqueles a quem você serve sabem quem você é. Cuidado com as pessoas que precisam ser chamadas por um título”, alertou Evans.

O ministro de louvor observa que pessoas que insistem em se promover podem perder a autenticidade dada por Deus. “Você pode ficar popular, vender muitos livros e atrair milhares de pessoas, mas não vai ter um coração sincero diante de Jesus”, observa.

“Eu não tenho nenhum título”, Evans acrescenta. “Eu sou seu irmão — esse é um bom título para mim. Algumas pessoas me chamam de pastor na minha cidade, mas sei que eles estão apenas me honrando. Nesse caso, eu digo: ‘Obrigado, me chame de irmão'”.

Evans acredita que os discípulos de Cristo devem viver como Ele viveu. “Os discípulos carregam Sua mensagem, Sua missão, Seu coração e Sua maneira de viver. Eles não desejam que seu nome seja lembrado, apenas o nome de Jesus seja glorificado”.

O arrependimento e a santidade são mensagens que o diabo não quer que sejam pregadas, segundo o pastor. “Nós precisamos pregar a mensagem da cruz de novo, precisamos pregar a mensagem completa do Evangelho novamente. Não há mais tempo para brincar com as coisas de Deus”, alerta.

“O dom da vida é gratuito, mas o preço de ser um discípulo é alto”, Evans destaca, acrescentando que o arrependimento leva à santidade.

“Andar em santidade significa se separar da cultura do mundo. Se você está em Cristo, você não é brasileiro em primeiro lugar, você antes é cristão. Quando você está em Cristo, você não está mais debaixo dessa cultura, apenas quer a cultura do Reino de Deus”, conta.

O pastor observa que ser como Jesus parece ser impossível, mas pelo Espírito de Deus é possível. “Por isso que a graça está disponível para você. Mas a graça não te habilita a ignorar seu pecado. Isso não é graça, é negligência. Pessoas que permanecem pecando estão chicoteando Jesus novamente”, afirmou.

O arrependimento e a santidade são mensagens que o diabo não quer que sejam pregadas, segundo o pastor. “Nós precisamos pregar a mensagem da cruz de novo, precisamos pregar a mensagem completa do Evangelho novamente. Não há mais tempo para brincar com as coisas de Deus”, alerta.

“O dom da vida é gratuito, mas o preço de ser um discípulo é alto”, Evans destaca, acrescentando que o arrependimento leva à santidade.

“Andar em santidade significa se separar da cultura do mundo. Se você está em Cristo, você não é brasileiro em primeiro lugar, você antes é cristão. Quando você está em Cristo, você não está mais debaixo dessa cultura, apenas quer a cultura do Reino de Deus”, conta.

O pastor observa que ser como Jesus parece ser impossível, mas pelo Espírito de Deus é possível. “Por isso que a graça está disponível para você. Mas a graça não te habilita a ignorar seu pecado. Isso não é graça, é negligência. Pessoas que permanecem pecando estão chicoteando Jesus novamente”, afirmou.

Evans observou que seu país, os Estados Unidos, precisa se arrepender por colocar a palavra “prosperidade” na frente do Evangelho. “Se você buscar a prosperidade, você vai estar no lugar errado, mas se você buscar a Deus, Ele vai prosperar você””, disse ele.

“Muitas pessoas criaram um Jesus errado, criam um ídolo. Mas o verdadeiro Jesus é mais puro que a própria pureza, é mais santo que a própria santidade, é mais amável que o próprio amor”, avalia.